AGRUPAMENTO DE ESCUTEIROS DE S. PEDRO RECEBEU AS CHAVES DA NOVA SEDE

13 julho 2018, 2:30 pm
Publicado em Notícias
Ler 276 vezes

parque parque2 O Presidente da Câmara Municipal, Rui Santos, entregou, dia 12 de julho, as chaves da habitação do Parque Florestal, recuperada pela Câmara Municipal de Vila Real, que servirá de sede para o Agrupamento de Escuteiros de S. Pedro. Tratou-se de um ato simbólico que pretendeu marcar um momento tão importante para este Agrupamento de Escuteiros que há muitos anos ansiava por ter um espaço próprio. Como referiu o Chefe Barros daquele Agrupamento de Escuteiros, “esta será a nossa nova casa, foram vinte anos à espera de um espaço que nos pudesse acolher dignamente”, “agradeço à Câmara Municipal, na pessoa do Sr. Presidente, que nos ajudou e se entusiasmou connosco em todo este processo”. Para meados de setembro, altura em que tem início o ano escuteiro ficou a promessa de “uma festa rija” para inaugurar a nova sede.
Por sua vez o Presidente da Câmara Municipal, Rui Santos referiu que “este projeto estava na nossa cabeça há muito tempo, o parque precisava de ser usufruído pelos cidadãos”. O autarca referiu ainda que a intervenção efetuada no parque florestal “é um bom exemplo da descentralização”, pois o acordo de cedência da gestão do parque florestal estabelecido entre o ICNF e o Município Vila-realense permitiu à autarquia pegar no parque e dar-lhe uma nova vida.
Recorde-se que nos últimos dois anos e meio a autarquia procedeu à melhoria da iluminação e à limpeza do parque, com vista a proporcionar maior segurança e visibilidade. A autarquia procedeu também, em setembro de 2017, à entrega do Armazém do Rio ao Grupo de Montanhismo de Vila Real para o desenvolvimento da sua Escola de Escalada.
Com a instalação da sede do Agrupamento de Escuteiros de S. Pedro no Parque Florestal fica assim concluída a operação de recuperação e reabilitação daquele espaço e das principais instalações que se encontravam abandonadas. A intervenção global envolveu um investimento municipal superior a 250 mil euros.
Estas ações inserem-se na estratégia municipal de recuperação de um espaço verde central da cidade de Vila Real, dotando-o de condições atrativas de utilização quotidiana, nomeadamente de segurança, que através da atividade contínua destas entidades neste espaço se procura assegurar.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários