MUNICÍPIO DE VILA REAL RECONHECE E PREMEIA MÉRITO JUVENIL 

A Juventude Vila-realense voltou a ter um lugar de destaque na sessão solene comemorativa do 97º aniversário da elevação de Vila Real a cidade, que se assinalou no passado dia 20 de julho de 2022, no decorrer da qual foi entregue o prémio à vencedora do concurso Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. e atribuídas as Medalhas de Mérito Juvenil. 

A vencedora do concurso Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., na categoria dedicada a projetos em nome individual, foi a jovem Catarina Filipa Medeiros Morais com o projeto “Vou à Horta”, que interliga a agricultura, a sustentabilidade, o combate ao desperdício alimentar e promoção de um estilo de vida mais saudável das famílias. Este projeto pretende ainda combater o desperdício alimentar, de água e dos recursos materiais e humanos. O valor pecuniário atribuído pela autarquia para concretização do projeto vencedor é atualmente de 5 mil euros. 

A Medalha Municipal de Mérito Juvenil – categoria Associação Juvenil foi este ano atribuída ao Centro Cultural e Recreativo de Arrabães, como forma de reconhecimento pelos 20 anos de atividade ao mais alto nível na modalidade de ténis de mesa e nos escalões de formação. Por sua vez, a Medalha Municipal de Mérito Juvenil – categoria jovem, foi entregue à jovem Matilde Silva Pereira, pelo percurso extraordinário na modalidade de Basquetebol, na qual se iniciou aos 8 anos de idade. Recorde-se que com as Medalhas Municipais de Mérito Juvenil foram entregues dois cheques, um no valor de 500€, na categoria jovem, e outro no valor de 750€, na categoria associação juvenil. 

Dar aos jovens a atenção, as oportunidades e os meios de que necessitam para poderem concretizar as suas ideias e projetos é para Alexandre Favaios, Vice-Presidente e Vereador do Pelouro da Juventude, uma aposta ganha. Exemplo disso são os inúmeros projetos que o município já ajudou a nascer apoiando o empreendedorismo e a criação do próprio emprego, contribuindo desta forma para a fixação destes jovens em Vila Real.  

PROJETO (RE)PARA – BAIRRO DA TELHEIRA

Cumprindo a máxima “Pensar global, agir local” as alunas Jéssica Nunes e Clara Costa, finalistas do 12.º ano do curso de Técnico de Apoio Profissional e de Apoio à Comunidade da Escola Secundária de S. Pedro, levaram a cabo um interessante projeto de intervenção social com preocupações ambientais, que consistiu em recolher pequenos eletrodomésticos e brinquedos elétricos danificados, repará-los na oficina da Escola ao longo do ano letivo e distribuí-los no final por famílias carenciadas, no âmbito da sua PAP (prova de aptidão profissional).

O projeto envolveu a Escola, com professores e colegas a colaborarem na recolha e nas reparações, a Câmara Municipal que, através do pelouro da Ação Social e Igualdade, sinalizou as famílias, a Cáritas Diocesana, que através do Projeto Mais Social organizou a atividade de atribuição dos bens, assim como toda a Comunidade.

Numa cerimónia emotiva, que contou com a presença da Vereadora Mara Minhava, foram entregues às famílias sinalizadas os brinquedos e diversos eletrodomésticos devidamente funcionais, desde micro-ondas, fervedores, varinhas-mágicas, torradeiras, ferros de engomar e até aspiradores.

Enaltecendo o espírito ambiental e social do projeto e o seu resultado final, Mara Minhava parabenizou as alunas e desafiou a Escola a prosseguir com o mesmo, manifestando a disponibilidade do Município de Vila Real e do Projeto Mais Social em continuarem a apoiar esta iniciativa.

SERVIÇO DE PEDIATRIA DO CHTMAD RECEBE DONATIVO RESULTANTE DA GALA MISS E MISTER ESCOLA

No passado dia 15 de julho, o Vereador do Pelouro da Juventude e Vice-Presidente do município de Vila Real, Alexandre Favaios, entregou no Serviço de pediatria do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro o valor da receita da bilheteira da Gala Miss e Mister Escola Vila Real, promovida no passado mês de maio, no âmbito do Mês da Juventude.

Recorde-se que esta iniciativa, na qual participaram vários estabelecimentos de educação e ensino, tem um cariz solidário, pelo que todos os anos o valor angariado reverte a favor de uma instituição. Alexandre Favaios salientou a importância do envolvimento dos jovens em causas solidárias, sendo esta iniciativa um bom exemplo de como pequenos contributos e pequenos gestos podem ajudar grandes causas.

O município tem investido numa relação de proximidade com os jovens, criando programas e oportunidades à sua medida. Os frutos começam já a ser visíveis. Esta geração de jovens é mais empreendedora, mais solidária e mais preocupada com a sustentabilidade. Vila Real agradece!

DESEMPENHO POSITIVO DA COMITIVA DE VILA REAL NOS JOGOS DO EIXO ATLÂNTICO

Terminou na passada sexta-feira mais uma edição dos Jogos do Eixo Atlântico que decorreram, durante cinco dias, na cidade da Maia. Vila Real participou nesta festa de desporto com uma comitiva de 75 elementos (atletas, treinadores e delegados), cujos desempenhos foram positivos. De realçar a equipa de Basquetebol Feminino que alcançou um importante 4º lugar (em 17equipas).

Este evento reuniu cerca de 2200 atletas, de 28 delegações pertencentes ao Eixo Atlântico, 16 portuguesas e 12 espanholas que competiram em cinco modalidades distintas: Andebol, Basquetebol, Voleibol, Futebol de 7, Natação e Atletismo.

O Vice-presidente e Vereador do Pelouro do Desporto, Alexandre Favaios, felicitou os jovens atletas, os treinadores e os dirigentes pelo modo como representaram Vila Real, tanto no aspeto desportivo como no aspeto de relações humanas e institucionais.

 

CICLO DE ARTES DE RUA E DO LADO DO VERÃO GARANTEM ANIMAÇÃO ATÉ AO FINAL DO MÊS DE AGOSTO

A partir da próxima sexta-feira, 8 de julho, as artes de rua estão de volta a Vila Real. Espetáculos de teatro, novo circo e transdisciplinares farão das noites de sexta-feira e das manhãs de sábado momentos de fascínio em diferentes lugares do centro histórico.

Este ano, o ciclo de artes de rua de Vila Real, para além do habitual ARRUADA, combina-se com o programa SOMOS PATRIMÓNIO, um projeto de programação em rede apoiado pelo Norte 2020 que tem como parceiros os Municípios de Vila Real, Bragança, Espinho e Arcos de Valdevez. Com este programa procura-se, para além da fruição artística por parte do público, promover a visita ao património arquitetónico do centro histórico da cidade atraindo residentes e visitantes.

Ao todo estão agendados 15 espetáculos, com quatro companhias espanholas, uma italiana e dez portuguesas. Os espetáculos são de entrada livre e realizam-se ao longo de oito fins-de-semana, de 8 de Julho a 27 de Agosto, tornando a cidade atrativa e com propostas de programa para turistas durante todo o verão.

O ciclo de artes de rua entrelaça-se também, semanalmente, com o programa Do Lado do Verão, do Teatro Municipal, com concertos no Auditório Exterior e na Praça Cénica e cinema ao ar livre. No mês de julho, no Auditório Exterior, decorre um pequeno périplo pelas variantes da cultura lusófona, com concertos da brasileira Mallu Magalhães, da angolana Aline Frazão, do cabo-verdiano Mario Lucio (que convida a guineense Nancy Vieira), e dos portugueses Criatura e Maro, a representante de Portugal no mais recente festival da Eurovisão.

Em agosto inicia-se o ciclo Clássicos de Verão, com música clássica ao ar livre. O programa, com 4 concertos, inclui a Orquestra de Cordas e alguns Ensembles da Douro Strings Academy (academia que decorre em paralelo no Teatro) e um Ensemble da Banda Sinfónica Transmontana. Há ainda um concerto no Grande Auditório pela Orquestra Estágio da Gulbenkian, dirigida pela conceituada maestrina Joana Carneiro. O cinema ao ar livre deste ano propõe uma revisitação de alguns clássicos de várias eras, de Charlie Chaplin, a Michael Radford, passando por Jacques Tati e Federico Fellini.

Significa isto que Vila Real não para, há sempre um motivo para as pessoas saírem à rua, como referiu o presidente da Câmara, Rui Santos, na apresentação da programação cultural para os próximos meses salientando ainda que, depois das festas da cidade, no mês de junho, com a celebração dos três Santos Populares, do Circuito Internacional de Vila Real, no primeiro fim-de-semana de julho, seguem-se agora mais dois meses de uma programação variada e continuada, assegurando uma vida cultural intensa e que torna o território atrativo para residentes e para aqueles que nos visitam.

Contactos
   259308100

  geral@cm-vilareal.pt

   Avenida Carvalho Araújo
     5000-657 Vila Real
Aplicação do Município
A nossa aplicação está disponível para IOS e ANDROID
Informações