PROGRAMA MONITEDU REFORÇADO E COM REGRAS MELHORADAS

4 outubro 2015, 11:00 pm
Publicado em Notícias
Ler 1978 vezes

moniteduO Programa MONITEDU tem como objetivo um melhor funcionamento e uma adequada monitorização e avaliação do serviço de almoço e foi lançado pelo Município de Vila Real no ano letivo anterior.
Atendendo aos bons resultados obtidos pelo programa piloto MONITEDU, o Município entendeu incluir no caderno de encargos do concurso público lançado pela autarquia para fornecimento de refeições escolares em estabelecimentos de educação pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico do concelho, as regras, procedimentos e metodologias do mesmo. Anunciados os resultados do concurso, o Município promoveu uma reunião com a empresa vencedora, a ITAU - Instituto Técnico de Alimentação Humana, S.A., e com os membros da Comissão de Avaliação e Acompanhamento do Serviço de Refeições. Essa comissão independente é constituída por um representante do Município, um representante da empresa responsável pela prestação do serviço de almoço, um representante de cada uma das Direções dos Agrupamentos de Escolas e um representante de cada uma das Associações de Pais e Encarregados de Educação do estabelecimento de ensino a visitar. Na referida reunião foi assinado o novo documento que regula o programa MONITEDU, cujo texto inicial sofreu algumas melhorias, na sequência do trabalho desenvolvido e das sugestões apresentadas por todos os elementos daquela Comissão.
O Programa MONITEDU resultou da intenção do Município em prestar um serviço público de qualidade e garantir as melhores condições a todas as crianças que frequentam os estabelecimentos de educação e ensino da rede pública do concelho. Assim, através da criação, sistematização e implementação de um conjunto de regras, procedimentos e metodologias, tem-se vindo a alcançar um melhor funcionamento e uma adequada monitorização e avaliação das atividades educativas diretamente sob a alçada da autarquia, nomeadamente o serviço de almoço, as atividades de animação e de apoio à família (AAAF), nos jardins-de-infância, e da componente de apoio à família (CAF), nas escolas do EB1 da rede pública do concelho.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários