SUBSTITUIÇÃO DAS MÁQUINAS DE RECOLHA DE EMBALAGENS

30 novembro 2021, 10:53 am
Publicado em Notícias
Ler 645 vezes

reverse vending O Município de Vila Real informa que, na impossibilidade de serem encontradas soluções que permitam corrigir as anomalias verificadas nas máquinas de recolha de embalagens, instaladas em algumas grandes superfícies de distribuição alimentar, o representante em Portugal do fabricante propôs a Resolução do Contrato, o que resultará na recolha das máquinas.

Neste sentido, o Município de Vila Real terá de iniciar um novo procedimento para a aquisição e instalação de novas máquinas, procedimento que leva o seu tempo, pelo que solicita e agradece, antecipadamente a compreensão de todos os munícipes.

O Município lamenta todos os inconvenientes causados e apela aos vila-realenses para, neste período de inatividade destas máquinas, continuarem a reciclagem destas embalagens através dos habituais ecopontos.

Recorde-se que esta é uma das iniciativas do projeto “Para cá do Marão, Embalagens não!, inserida na ação “Reciclagem” que contempla a instalação de máquinas de reverse vending para a recolha e separação de embalagens garrafas PET (politereftalato de etileno) de água, sumo, refrigerantes e bebidas alcoólicas (mas não lácteas) e de latas de alumínio. Estes equipamentos permitem uma redução de três a cinco vezes o volume inicial das embalagens recolhidas e o seu encaminhamento para a reciclagem.

Esta iniciativa insere-se no projeto “Para cá do Marão embalagens não!”, Projeto financiado pela Islândia, Liechtenstein e Noruega, através dos EEA Grants e pela Secretaria Geral do Ambiente.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários