TRANSPORTES ESCOLARES E URBANOS MAIS BARATOS EM VILA REAL

29 março 2019, 3:07 pm
Publicado em Notícias
Ler 203 vezes

urbanos O Município de Vila Real aprovou, na última reunião de câmara, a redução da tarifa do passe mensal dos Transportes Urbanos de Vila Real, atualmente fixada em 28,20€, e que, passará a custar 20,00€, uma redução que irá também abranger os passes escolares não gratuitos, que terão um corte de 50%.
Esta medida surge no âmbito do novo programa de financiamento do Governo (Programa de Apoio à Redução do Tarifário nos Transportes Públicos - PART), inscrito na Lei do Orçamento de Estado para 2019, com o objetivo combater os efeitos negativos do excesso de tráfego automóvel, nomeadamente o congestionamento, a emissão de gases de efeito de estufa, a poluição atmosférica, o ruído, o consumo de energia e a exclusão social.
Em Vila Real esta redução implicará um investimento de 139.965,35€, dos quais 136.466,22€ serão transferidos através do Fundo Ambiental, sendo os restantes 3.499,13€ suportados pela autarquia.
O presidente da Câmara Municipal, Rui Santos, reconhecendo o mérito desta medida que irá certamente ter um importante impacto na diminuição das despesas mensais de muitos agregados familiares Vila-realenses, lamentou que o valor aplicado por habitante não seja igual em todo o lado, já que em Lisboa “é três vezes superior” e no Porto “é o dobro”.
Os transportes urbanos nas cidades de baixa densidade, na opinião do autarca Vila-realense, não devem ser menorizados sendo, também eles, fundamentais para assegurar a mobilidade das populações e, assim diminuir a circulação de automóveis com os ganhos inerentes para o ambiente. Refira-se que a Câmara de Vila Real aplica cerca de um milhão de euros por ano nos transportes escolares e urbanos.
Rui Santos, que referiu ser intenção do Município operacionalizar esta medida o mais depressa possível, anunciou ainda para breve “novidades na organização dos transportes públicos em todo o concelho de Vila Real. Estamos a agilizar e a compatibilizar a nossa proposta com a Comunidade Intermunicipal do Douro e aí, provavelmente, conseguiremos alargar a todos os passes” concluiu.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários