PROGRAMA ERASMUS+ E INICIATIVA EUROPEIA "NETWORK FOR ROLE MODELS" | EXPERIÊNCIA EM VILA REAL

19 fevereiro 2019, 5:13 pm
Publicado em Notícias
Ler 202 vezes

role O Município de Vila Real, aceitando um desafio lançado pela Comissão Europeia, através da Agência Portuguesa Erasmus+ Educação e Formação, apresentou e viu aprovada a sua candidatura ao projeto “Network For Role Models”, uma iniciativa que visa promover a inclusão social, a cidadania, a igualdade de oportunidades e o respeito pelos direitos humanos.
O projeto “Network For Role Models” pretende destacar cidadãos que pelo seu percurso ou competências são positivamente reconhecidos e um exemplo de superação para toda a sociedade (Role Models).
Mário Gonçalves, psicólogo e ativista social, que ficou tetraplégico aos 19 anos num acidente de mergulho, foi o cidadão escolhido pela autarquia para dar a cara pelo projeto em Vila Real. Depois de ter representado o Município no II Seminário Erasmus+ e as necessidades especiais, que decorreu em Lisboa, em novembro de 2017, Mário Gonçalves visitou, no decorrer de 2018, algumas escolas do 1º ciclo do ensino básico e do pré-escolar do concelho de Vila Real com o intuito de partilhar um pouco da sua história de vida.
Assim, foi até aos Centros Escolares da Araucária e das Árvores e percorreu os caminhos da Escola Básica do Douro e da Escola Básica Abade de Mouçós. Ficou ainda a promessa de um regresso às escolas básicas do Corgo e Vila Real nº 2.
Nas palavras do Role Model Vila-realense “terá sido das experiências mais enriquecedoras que já vivi”, “mas mais do que isso: torna-se relativamente fácil de perceber que naquelas cabecinhas pequeninas reina a curiosidade pela diferença (que obviamente lhes tem que ser explicada). Neste particular dão dez a zero a qualquer adulto”. Mário Gonçalves realça ainda a satisfação de constatar que o preconceito relativo à diferença ou à diversidade humana, a julgar pela experiência vivida no contacto com os mais pequenos, está ausente nesta fase de desenvolvimento da personalidade dos petizes, daí a importância de se apostar na sensibilização e consciencialização das novas gerações.
Neste périplo pelas escolas houve ainda a oportunidade de apresentar a curta-metragem de animação espanhola “Cuerdas”, prémio Goya em 2014. Os resultados surpreendentes que vão chegando pela voz das crianças e dos seus educadores (pais e encarregados de educação), fizeram com que a participação do Município nesta iniciativa acabasse por ser um ponto de partida para o desenvolvimento de outras ações e projetos relacionados com a cidadania ativa, a tolerância e a não discriminação.
Nos próximos meses serão anunciadas outras ações previstas no plano de atividades preparado pelo Município ao abrigo ao projeto “Network For Role Models”, relacionadas com a necessidade de inclusão das pessoas portadoras de deficiência, nomeadamente a realização de diversas campanhas de sensibilização e o lançamento de um concurso com vista à realização de um filme/documentário intitulado “Um dia com limitação”, entre outras.

Classifique este item
(0 votos)
Login para post comentários