Entre Margens: o Douro em Imagens

entre_margens entre_margens2 entre_margens3

Vila Real, cidade do ecossistema duriense, passará a integrar, a partir de 6ª feira, dia 2 de Setembro, pelas 22.00 horas, do Largo da Capela Nova até à Av. Carvalho Araújo, a dinâmica proposta pelo projecto “Entre Margens: o Douro em imagens”, com a inauguração de uma exposição sobre o Douro no espaço público, até ao dia 6 de Novembro.

Cada exposição de fotografia terá 3 componentes: uma fotógrafa de renome nacional convidada a ser a autora de fotografias originais que nos trarão “Um Douro no Feminino”, fotografias de arquivo para nos alimentar, "A Memória" e fotografias de novos talentos que nos vão apresentar "Imagens Emergentes".

Em Vila Real, no espaço exterior do Teatro de Vila Real, está já patente, (embora a apresentação formal da mesma seja na 6ª feira, dia 2 de Setembro, pelas 22.00 horas), a exposição "Um Douro no Feminino", uma síntese de 9 das melhores fotografias de cada uma das 4 fotógrafas convidadas [Céu Guarda, Inês d’Orey, Luísa Ferreira e Pauliana Valente Pimentel] que alimentam as exposições individuais especialmente concebidas para o espaço público de cada uma das outras 5 terras do Douro.

Esta exposição é acompanha pela exposição “Imagens Emergentes”, na Av. Carvalho Araújo – em frente ao Conservatório Regional de Música, dedicada a revelar novos talentos fotográficos da região (Miguel Schreck) e pela exposição “Memória”, que nos recorda olhares de outrora de Domingos Alvão sobre a intemporalidade do Douro (Teatro de Vila Real).

Cada inauguração de exposição será acompanhada, sempre às 22h, por um concerto itinerante no espaço público (da Capela Nova à Av. Carvalho Araújo) de cada um dos municípios. Em Vila Real serão os "TUMBALA", que nos encantarão com o espectáculo itinerante que também é um projecto de investigação plástico/musical que visa a criação de diversas esculturas instrumentais, peças individuais que interagem dramaturgicamente na realização de uma performance onde os protagonistas serão o tubo, a música, a performance, o tubo percutido, soprado, centrifugado, o som, a sonoplastia e saltimbancos, os instrumentos em latin funk e o aerofone plusivo em movimento tubofónico.

O “Entre-Margens: o Douro em Imagens” tem como promotor a Fundação Museu do Douro, autoria e produção da Procur.arte Associação Cultural, tem como parceiros cinco municípios da região duriense, mais o Porto (Lamego, Mirandela, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião e Vila Real), e é um projecto apoiado no âmbito do QREN ON.2 - Grandes Eventos Culturais.

“Entre-Margens: o Douro em Imagens” é um evento com continuidade durante 5 meses em 3 Verões sucessivos, que terá lugar nos centros urbanos e históricos das 6 cidades parceiras deste projecto, e durante 3 anos (2011, 2012 e 2013), trará a Lamego, a Mirandela, ao Peso da Régua, ao Porto, a Santa Marta de Penaguião e a Vila Real três Verões especiais centrados em exposições de fotografias no espaço público, e tendo como complemento, conferências sobre a arte e o território, e espectáculos de música, de teatro, cine-concertos ao ar livre, dança e artes multidisciplinares.

A ideia é levar pessoas de cada uma destas cidades até às restantes e levar o conhecimento do Rio, do Vinho e da Imagem de ambos ao conhecimento de todos através de exposições de fotografia onde a imagem traduza novos e surpreendentes olhares sobre o Rio e o Vinho e através de conferências e espectáculos musicais e artísticos – sempre de entrada gratuita - que, por aumentarem a oferta cultural já existente em cada um destes territórios, lhes permitam atrair velhos e novos públicos para esta nova confrontação com o Douro, a sua beleza estética e as poderosas imagens estáticas que nos induz.

Em 2011, 2012 e 2013, de Julho a Novembro, mais de 60 exposições, 100 espectáculos e 12 colóquios, todos de entrada gratuita.

http://www.entremargens.org/

https://www.facebook.com/EntreMargensDouro