Centro Social e Paroquial de Andrães

Aprovação do Protocolo de Comparticipação Financeira para a construção do Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário do Centro Social e Paroquial de Andrães

Foi aprovado, na Reunião de Câmara de 2 de Setembro passado, o Protocolo de Comparticipação Financeira para a construção do Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário do Centro Social e Paroquial de Andrães, no valor global de 250.000 euros, montante a ser concedido, pela Câmara municipal de Vila Real, durante três anos a contar da data de celebração do Protocolo, em tranches de 50.000, 100.000 e 100.00 mil euros, respectivamente.
O Centro Social e Paroquial de Andrães procedeu já à execução dos alicerces do rés-do-chão e do 1º andar, pretendendo, agora, desencadear um concurso público para a conclusão das obras, cujo valor se estima em 500.000 euros.

O financiamento da referida obra foi já objecto de candidatura ao Ministério da Solidariedade e Segurança social, tendo sido apoiada com um subsídio de 109. 937 euros, possuindo, ainda, aquela IPSS a importância de 100.000 euros de capitais próprios para alocar à obra.

Considerando que os Serviços prestados pelo Centro Social e Paroquial de Andrães revelam um reconhecido e superior interesse social para todo o Concelho de Vila Real, em especial, para a Freguesia de Andrães, uma vez que as valências que virão a ser implementadas não estão, no momento, a ser disponibilizadas à população, a Câmara Municipal de Vila Real deliberou apoiar financeiramente o avultado investimento, por reconhecer a importância das políticas sociais direccionadas sobretudo aos mais idosos e carenciados do Concelho, como, aliás, tem vindo a ser prioridade da sua agenda política.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Martins, "as actividades que o Centro Social e Paroquial de Andrães desenvolve têm revelado ser da maior importância para a satisfação das necessidades da população da freguesia, em geral, e dos idosos, em particular, justificando, por isso, todo o apoio possível da Autarquia, recordando, ainda, a este propósito, que "a Autarquia, em parceria com a Igreja, tem tido, nos últimos anos, a preocupação de dotar o Concelho de uma rede equipamentos sociais, com diversas valências, contribuindo, desta forma, para uma melhoria efectiva da qualidade de vida de todos os munícipes sem excepção".